Blog

Autoconfiança: como desenvolver essa habilidade?

Adquirir autoconfiança é mais fácil do que parece. Saiba quais atitudes vão te ajudar a conquistar mais segurança no relacionamento, trabalho e atividades do dia a dia.

Autoconfiança sinônimos: determinação, autoafirmação, segurança, objetividade e posicionamento.
Autoconfiança pode ser entendida como sinônimo de determinação, autoafirmação, segurança, objetividade e posicionamento.

Índice

O que é autoconfiança

Autoconfiança é uma avaliação do autoconhecimento

Para chegar à medida (baixa ou alta) de autoconfiança, você soma todas as impressões que tem a seu respeito. Considera pontos fortes e pontos fracos. Leva em conta suas experiências. 

O resultado é a convicção que tem sobre suas habilidades, capacidades e julgamentos.

Mais do que os fatos, é sua interpretação que proporciona diferentes níveis de autoconfiança.

Ou seja, a confiança que você tem em si é reflexo de seus pensamentos. Do valor que atribui aos seus feitos. E da crença em seu potencial de superação e desenvolvimento.

Exemplos de autoconfiança

  1. Expressar ideias e percepções próprias, ainda que outras pessoas possam ter opiniões contrárias.
  2. Se permitir agir com espontaneidade.
  3. Saber internalizar elogios.
  4. Lidar com críticas de forma verdadeiramente construtiva — ou seja, com ânimo para aprender com os erros, buscando aperfeiçoamento consciente.
  5. Respeitar os próprios limites, livre de culpa ou vergonha.
  6. Ser capaz de abandonar a zona de conforto, assumindo desafios que podem proporcionar uma vida mais significativa.
  7. Se sentir bem na própria pele — o que significa uma relação saudável com o próprio corpo e aspectos característicos da personalidade.
  8. Ter persistência diante de metas e objetivos.
  9. Valorizar competências e acreditar na possibilidade concreta do sucesso.
  10. Praticar comunicação assertiva.
  11. Adotar perspectivas positivas, otimistas e encorajadoras ao projetar o futuro.

Para que serve autoconfiança?

benefícios da autoconfiança
Quando adquirimos mais autoconfiança, podemos notar efeitos positivos em nosso desempenho, produtividade e na comunicação com outras pessoas.

A importância da autoconfiança está diretamente relacionada à forma como você encara oportunidades e decisões diárias. Isso envolve seu desempenho profissional, sua vida afetiva e a forma como se comunica.

Pessoas que confiam em seus valores, competências e raciocínios contam com uma vantagem notável: elas não esperam o “momento perfeito” para mudar algo que as incomoda.

Elas acreditam que podem criar o cenário favorável. São, portanto, mais objetivas e determinadas.

Por outro lado, a baixa autoconfiança pode levar a comportamentos dependentes, inseguros e ansiosos. 

O medo de não estar preparado para um desafio pode fazer alguém recusar uma excelente oportunidade de trabalho, por exemplo. Ou manter relacionamentos insatisfatórios — com os outros e consigo próprio.

Outro efeito comum da baixa autoconfiança é a procrastinação. Afinal, enquanto as dúvidas dominam, é difícil apostar em um caminho.

Leia também: Como lidar com a autocrítica e ter uma melhor saúde mental

Benefícios e consequências da autoconfiança

  • Promove bem-estar psicológico.
  • Aumenta a disposição para experimentar coisas novas.
  • Melhora o desempenho, uma vez que os esforços e energia são direcionados a validar soluções percebidas.
  • Confere maior resiliência, evitando que um obstáculo ou contrariedade te faça desistir de projetos importantes para você.
  • Reduz a ansiedade social, pois o medo do julgamento dos outros se torna menos imperativo.
  • Afasta preocupações improdutivas.
  • Ajuda a estabelecer limites saudáveis em relacionamentos, sabendo priorizar vontades, necessidades e respeito às próprias emoções.
  • Favorece a tomada de decisões, de forma ágil e assertiva.
  • Melhora a comunicação e expressão corporal.
  • Permite a valorização da autenticidade (o que também implica em maior convicção no potencial criativo).
  • Reflete-se, também, na forma como os outros o avaliam, transmitindo credibilidade e entusiasmo.

Como aumentar a confiança em si mesmo?

O que fazer para ter autoconfiança.
É possível desenvolver a autoconfiança, a partir de práticas simples. A disciplina é o ponto crucial para a constatação dos resultados.

Listamos 5 exercícios para autoconfiança que você pode adotar a partir de hoje. 

Escolha as táticas que melhor se adequam às suas possibilidades imediatas e comece a praticar. 

Com o passar dos dias, observe o resultado em diferentes áreas de seu cotidiano.

1. Transforme nervosismo em empolgação

Quando você se depara com desafios, seu corpo libera hormônios do estresse. É uma reação natural, que serve para te deixar mais alerta e focar sua energia.

Tente ler esse impulso extra como um sinal de que você deve reforçar sua presença e atuação no momento, em vez de buscar uma fuga.

2. Cuide da saúde do corpo

Uma relação atenciosa com as necessidades básicas do seu corpo é capaz de modificar o olhar que você tem sobre si mesmo, de forma muito ampla.

Praticar exercícios físicos, dormir bem e cuidar da alimentação é um bom começo.

O simples fato de manter o compromisso com certos hábitos saudáveis reforça a crença na capacidade de persistir em suas metas.

3. Fique atento às comparações

Com quem você está se comparando ao se sentir inferior? Procure responder essa pergunta, pois há sempre uma referência em sua mente.

Talvez seja um colega de trabalho ou alguém que você acompanha nas redes sociais. 

A comparação é inspiradora? Se fosse, você não se sentiria mal — e, sim, animado com o exemplo.

Numa situação ideal, você não se compara a ninguém, pois entende que todas experiências de vida são únicas. 

Porém, às vezes, é difícil descartar um parâmetro.

Então, escolha suas referências com inteligência. Busque histórias e feitos que te ofereçam motivação. 

Mas lembre, sempre, que você não é cópia de ninguém! Respeite seu tempo e valorize sua trajetória de desenvolvimento pessoal.

Veja também: Tenho Síndrome do Impostor?

4. Estabeleça metas claras

Ter discernimento sobre o que você deseja alcançar permite uma avaliação honesta de sua evolução. E também, claro, te ajuda a definir pontos de aperfeiçoamento.

Sendo assim, antes de iniciar qualquer jornada, tire um tempo para enumerar de 3 a 5 metas (realistas e bem específicas) que você irá perseguir.

Estime um tempo razoável para cada uma delas.

Acompanhe seus progressos e encare eventuais dificuldades (ou tropeços) como parte natural do processo de aprendizado e mudança.

Oscilações na autoconfiança são comuns a qualquer ser humano!

Não permita que um momento ruim adquira mais importância que o conjunto de atitudes positivas que você soma com o passar dos dias.

Confira o texto Como ter autocontrole: técnicas e dicas práticas para descobrir recursos que te ajudarão a manter o foco em suas metas.

5. Crie reforços externos

Insira gatilhos de autoconfiança em diferentes ambientes de sua casa e trabalho.

Por gatilhos de autoconfiança entenda objetos, fotografias, músicas e palavras que reforcem seu bem-estar e instiguem visualizações positivas — tanto quanto ao futuro quanto à leitura que você faz do seu passado.

Você pode, por exemplo, escolher uma frase e escrevê-la num lugar que vê com frequência. Se quiser algumas sugestões, dê uma olhada no próximo tópico.

Dica extra:

Confira o Ted Talk da psicóloga Amy Cuddy, no qual ela ensina maneiras (comprovadas pela ciência) de fortalecer sua autoconfiança a partir da linguagem corporal.

Frases de autoconfiança

“Temos sempre a mesma idade por dentro.” — Gertrude Stein

“Acredite que você pode e você está no meio do caminho.” — Theodore Roosevelt

“O pior inimigo da criatividade é a dúvida”. — Sylvia Plath

“A crítica é apenas a opinião de outra pessoa. Mesmo as pessoas que são especialistas em seus campos às vezes estão erradas. Depende de você escolher se quer acreditar em alguma coisa, em nada ou em tudo. O que você pensa é o que conta.” — Rodolfo Costa

“A verdadeira dificuldade é superar como você pensa sobre si mesmo.” — Melanie Koulouris

“Uma chave importante para a autoconfiança é a preparação.” — Arthur Ashe

“Ser o melhor é bom, porque você é o primeiro. Ser autêntico é ainda melhor, porque você é o único.” — Wilson Kanadi

“A principal tarefa do homem é dar à luz a si mesmo.” — Erich Fromm

“A vida não é encontrar a si mesmo. Consiste em criar a si mesmo.” — George Bernard Shaw

“Mulheres que confiam em suas habilidades têm mais probabilidade de sucesso do que aquelas que não têm confiança, embora estas últimas possam ser muito mais competentes, talentosas e trabalhadoras.” — Joyce Brothers

“Você nunca deve esperar ter total autoconfiança para dar um passo à frente. É dando um passo à frente que você aumenta a autoconfiança.” — Nicole Bordeleau

“A melhor coisa do mundo é saber pertencer a si mesmo.” — Michel de Montaigne

“Ser por si mesmo, não contra os outros, mas do seu próprio lado, é a base de todas as práticas de saúde, bem-estar e eficácia.” — Rick Hanson

“Se você quer ser respeitado pelos outros, o melhor é respeitar a si mesmo. Só por isso, só por respeito próprio você vai obrigar os outros a respeitá-lo.” — Fyodor Dostoyevsky

“Somos constantemente convidados a ser quem somos.” — Henry David Thoreau

“A confiança que você obtém com o domínio é contagiante. Ele se espalha. Realmente não importa o que você domina. Para uma criança, pode ser tão simples como amarrar um sapato. O que importa é que dominar uma coisa lhe dá confiança para tentar outra coisa.” — Katty Kay e Claire Shipman

“Cada decisão que tomamos diz algo sobre quem somos.” — Simon Sinek

“Não há nada mais bonito do que ver uma pessoa sendo ela mesma. Imagine passar o dia sendo você sem se desculpar.” — Steve Maraboli

“Se você trocar sua autenticidade por segurança, pode experimentar o seguinte: ansiedade, depressão, distúrbios alimentares, vício, raiva, culpa, ressentimento e tristeza inexplicável.” — Brené Brown

“Você decide todos os dias quem você será e quem não será.” — Joel Brown

“A autoconfiança é a memória do sucesso.” — David Storey

Conteúdo relacionado: 39 frases sobre saúde mental que vão abrir sua mente

Autoconfiança: livros que vão te ajudar a desenvolvê-la

Depois da leitura deste texto, você pode querer se aprofundar no assunto e buscar leituras adicionais.

Deixamos aqui algumas sugestões:

  • A coragem de ser imperfeito: como aceitar a própria vulnerabilidade, vencer a vergonha e ousar ser quem você é, por Brené Brown. Editora Sextante.
  • Sem medo da rejeição: como superei o medo de ouvir um “não” e me tornei mais confiante, por Jia Jiang. Editora Benvirá.
  • Os segredos da autoconfiança, por Robert Anthony. Editora Best Seller.
  • O poder da presença, por Amy Cuddy. Editora Sextante.
  • A arte da autoconfiança: os segredos que toda mulher precisa conhecer para agir com convicção, por Katty Kay e Claire Shipman. Editora Benvirá.
  • O poder dos 5 segundos, por Mel Robbins. Editora Astral Cultural.

Leia também: Como lidar com a rejeição

psicóloga Vila Mariana Luana Nodari

Luana Nodari é Psicóloga e Neuropsicóloga
Atende em sua clínica na Vila Mariana / SP, adolescentes e adultos,
através da Terapia Cognitivo-Comportamental
CRP: 06/112356

Deixe uma resposta

Contato

Luana Nodari
Psicóloga/Neuropsicóloga
CRP: 06/112356

Localização

Rua Domingos de Morais, 2781 - cj 311
Vila Mariana, São Paulo, SP
CEP: 04035-001

Redes Sociais

Ao lado da estação do Metrô Santa Cruz

Estacionamento no local

®

Psicóloga Luana Nodari. Todos os direitos reservados. Tai! Branding + Design + Marketing