Blog

Como trabalha um psicólogo cognitivo-comportamental?

mulher em terapia com a psicóloga através da terapia cognitivo-comportamental
Psicoterapia | Terapia Cognitivo Comportamental – Psicóloga Vila Mariana


O psicólogo é a pessoa que ajuda você a solucionar problemas como ansiedade, depressão, autocontrole, entre muitas outras coisas. Na psicologia, existem diferentes correntes psicológicas, como a Psicanálise, Terapia Gestalt, Terapia Humanista, Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC), etc.

Cada uma dessas correntes de terapia funciona de uma certa maneira, a forma como são conduzidas são diferentes entre si, bem como a maneira com que lidam com o problema.

Hoje neste artigo falaremos sobre como atua um psicólogo usando a Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC).


Saiba mais: Tratamento da depressão: 4 atitudes que podem ajudar

A Terapia Cognitiva-Comportamental (TCC)

A Terapia Cognitivo-Comportamental é a corrente psicológica mais endossada cientificamente. Cada um dos tratamentos aplicados pelos psicólogos cognitivos-comportametais foi previamente testado, tendo solucionado os problemas de milhares de pessoas.

Quando um psicólogo cognitivo-comportamental aplica as técnicas apropriadas ao nosso problema e a medida que colocamos em prática aprendemos a resolver nossos problemas.


Saiba mais: O que é Transtorno Obsessivo-Compulsivo – TOC?


A aplicação da Terapia Cognitivo-Comportamental em 4 fases

1ª Fase – Avaliação na Terapia Cognitivo-Comportamental

É provavelmente a fase da TCC mais importante de todas. Durante ela, o psicólogo cognitivo-comportamental fará perguntas para entender melhor o problema que temos. Normalmente, esta fase inclui testes, histórias pessoais e auto-registros, para obter o máximo de informações possível, no intuito de obter as chaves para lidar melhor com nosso problema. A duração geralmente é de duas a três sessões, embora, dependendo do caso, possa ser mais prolongado. Esse tempo é definido pelo psicoterapeuta no processo.


2ª fase – Hipótese na Terapia Cognitivo-Comportamental

Planejamento de metas: esta fase consiste, em princípio, de apenas uma sessão, mas lembrando que cada processo é diferente do outro. Nela, explica-se qual é o problema pelo qual nós estamos passando, por que estamos com tal problema e o porquê de não o estarmos superando. Neste momento, o psicólogo cognitivo-comportamental juntamente com o paciente traçam as metas a serem alcançadas e já se tem uma pequena ideia de o que começar a fazer para alcança-las.


3ª fase – Tratamento na Terapia Cognitivo-Comportamental

Nesta fase, começamos a resolver o problema. O psicólogo dará as orientações, as instruções necessárias do que precisamos fazer para resolver o problema. Esta fase é a mais longa, podendo durar alguns meses, dependendo do problema e da disponibilidade que temos para praticar os aprendizados.


4ª fase – Acompanhamento na Terapia Cognitivo-Comportamental

Uma vez que vemos que o problema está solucionado, as sessões cognitivos-comportamentais poderão ocorrer a cada duas semanas, ao invés de uma vez por semana. Ou mesmo uma vez por mês, até que as sessões se encerrem e seja retomada no momento em que seja necessário ao paciente uma nova consulta.

Psicoterapia-online-presencial-cognitivo-comportamental
A psicoterapia pode ser presencial ou online.


A Terapia Cognitivo-Comportamental e o Psicoterapeuta

O trabalho do psicoterapeuta

Vale salientar que o psicoterapeuta sempre passará um “dever de casa”, seja para obter mais informações durante a fase de avaliação, seja para aplicar as ferramentas que aprendemos durante o tratamento para resolver o problema. É muito importante que façamos isso para podermos seguir em frente e dizer adeus àquilo que nos incomoda.

Uma das características do trabalho do psicólogo cognitivo-comportamental é que ele é feito com total confidencialidade. Obviamente, essa é uma característica dos psicoterapeutas necessária para poder realizar uma intervenção efetiva e ter sucesso no tratamento.

Dessa forma, o paciente sabe que o que ele fala com seu terapeuta nunca chegará aos ouvidos de qualquer outra pessoa. Assim, o sigilo profissional é um ingrediente essencial da relação terapêutica, pois facilita a plena honestidade do paciente.


As sessões da Terapia Cognitivo-Comportamental são estruturadas

A Terapia Cognitivo-Comportamental consiste, resumidamente, na aplicação de um conjunto de técnicas para alcançar os objetivos definidos na fase de avaliação.

Embora as sessões geralmente consistam em conversas entre paciente e psicoterapeuta, elas são intervenções técnicas. Por exemplo, psicoeducação, discussão cognitiva e treinamentos são intervenções verbais do terapeuta que ensinam o paciente a modificar suas crenças errôneas e disfuncionais.

Técnicas cognitivos-comportamentais também são predominantemente aplicadas verbalmente, como por exemplo, em treinamento de relaxamento ou treinamento em habilidades sociais.

Embora o psicólogo cognitivo-comportamental modele parte dos comportamentos que está ensinando, ele é sempre acompanhado de comentários, instruções e psicoeducação, ou seja, conteúdo verbal.


Em resumo, o psicólogo cognitivo-comportamental deve ser visto como um agente que aplica técnicas, avaliação e intervenção, guiado por um plano previamente de acordo com os objetivos e necessidades do paciente.

Porém como a evolução psicológica é um processo sempre aberto, a psicoterapia está disposta a incorporar novas questões e objetivos à medida que forem necessários.


Leia mais: Nomofobia: quais os sintomas da dependência digital


A Terapia Cognitivo-Comportamental

Na Terapia Cognitivo-Comportamental existem muitas técnicas. Embora cada uma delas contemple suas próprias especificidades de aplicação, há um conjunto de denominadores comuns.

Qualquer procedimento tende a começar com a psicoeducação, isto é, uma explicação lógica e fundamentada, apropriada ao nível de compreensão e problemas do paciente. Isso facilita a adesão do paciente ao tratamento. Depois se realiza o protocolo de etapas que cada técnica especifica exige.

A técnica cognitivo-comportamental especifica um conjunto de etapas e operações que o psicólogo realizará. Estes são procedimentos padrão, agendados antecipadamente em etapas e que o terapeuta irá adaptar caso a caso. Por exemplo, a discussão cognitiva sempre envolve psicoeducação no modelo cognitivo, a identificação de pensamentos, a discussão deles de acordo com seu grau de validade, a formulação de experimentos comportamentais, etc.



psicologa-vila-mariana-Luana-Nodari

Luana Nodari é Psicóloga e Neuropsicóloga
Atende em sua clínica na Vila Mariana / SP, adolescentes e adultos,
através da Terapia Cognitivo-Comportamental
CRP: 06/112356

Deixe uma resposta

Como trabalha um psicólogo cognitivo-comportamental?

Deixe uma resposta

Contato

Luana Nodari
Psicóloga/Neuropsicóloga
CRP: 06/112356

Localização

Rua Domingos de Morais, 2781 - cj 311
Vila Mariana, São Paulo, SP
CEP: 04035-001

Ao lado da estação do Metrô Santa Cruz

Estacionamento no local

Contato

Localização

Redes Sociais

Luana Nodari
Psicóloga/Neuropsicóloga
CRP: 06/112356

Rua Domingos de Morais, 2781 - cj 311
Vila Mariana, São Paulo, SP
CEP: 04035-001

Ao lado da estação do Metrô Santa Cruz

Estacionamento no local